eterno movimento

Mestre Jesus

Mestre Jesus

 

PARA SENTIR JUNTO COM A FAMILIA. FELIZ PÁSCOA.
NAMASTE

 

ETERNO MOVIMENTO

 

SOLANGE PACHECO



 

 Mestre Jesus

Certa vez, Jesus caminhava por Jerusalém com seus discípulos, quando estes o interpelaram dizendo que um homem expulsa demônios e curava doentes em seu nome. Eis que Jesus, em sua plena sabedoria disse: “Deixai-o. Quem não está contra nós, está por nós.”

Este texto de Jesus, nosso mestre maior, revela a tolerância que devemos ter no diálogo inter-religioso e nele se resume um acordo feito a partir do coração que respeita as diferenças e vê nelas o próprio colorido existencial de nossa raça humana sobre a terra.

Nosso mundo é assim, vastamente diversificado e é belo poder encontrar nele traços comuns e dentro dos traços incomuns de nossas razões e crenças, uma linguagem diferente que diz, lá no fundo, a mesma coisa.

Nosso mundo é assim, cheio de várias línguas. Algumas tão difíceis e distantes que nos deixam perplexos ao ouvi-las. Mas dizem palavras como pão, beijo, amor, saudade, obrigado.

Sabemos que temos expressões faciais mundiais, que não precisam de palavra alguma dita para compreendermos o que o estrangeiro sente. Tais como, choro, ira, nojo, alegria...

Sabemos, intimamente, que o mundo será mais feliz quando compreendermos que além da beleza que existe no diferente, há riqueza a partilhar. Esta é uma comunhão humana que tira do outro a ameaça, por ser estrangeiro. O sentimento de ameaça ao estrangeiro é antigo, do tempo em que vinham de fora para nos roubar. Hoje os diferentes podem nos trazer algo além de nós mesmos.

Com as religiões atuais não é diferente. Os diversos caminhos para o aprendizado são tão vastos como os que nos levam a Roma... e ao Amor.

Por isso, a lição do mestre Jesus nunca foi tão atual, vívida e cheia de esperança.

 

autor: Gusthavo Corrêa